teste

Graduações
a Distância
Informática
na Educação
Cursos
a Distância
Capítulos e
livros publicados
Artigos
Publicados
Legislação
em EAD
Referenciais de
Qualidade em EAD
Currículo
Lattes

17 de dezembro de 2014

Avaliação dos cursos de graduação a distância no contexto brasileiro: a excelência como garantia de padrão de qualidade


Autores: Carla Netto; Lucia Giraffa

Source: RIED. Revista Iberoamericana de Educación a Distancia, Volume 18 , Issue 1 (2015)

ISBN: 1138-2783

Palabras clave: avaliação, qualidade em educação, qualidade em educação a distância
Resumen:

Este artigo, resultado de uma tese de doutorado, investiga temas relacionados com a garantia de padrão de qualidade no processo de avaliação dos cursos de graduação na modalidade a distância, estabelecendo uma reflexão crítica entre o sistema brasileiro e o processo de acreditação internacional realizado nos Estados Unidos. O estudo consistiu numa análise qualitativa, descritiva, com estudo de caso, revisão de literatura e entrevistas com avaliadores e coordenadores de cursos de graduação na modalidade a distância (EAD) no Brasil. Os dados dos instrumentos foram analisados com base na metodologia de Análise Textual Discursiva (ATD). A pesquisa analisou o processo de avaliação dos cursos de graduação a distância nos EUA, identificando os indicadores de qualidade adotados por organismos internacionais de acreditação e, a partir da análise do processo de avaliação dos cursos de graduação a distância no Brasil, foi realizado um estudo sobre os resultados e impactos do sistema brasileiro, especialmente, dos indicadores utilizados e o grau de confiabilidade que possa surgir na relação com a avaliação da qualidade dos cursos na EAD. Como resultado dessa investigação indica-se a necessidade de estabelecer um padrão de qualidade no Brasil que tenha somente uma linha conceitual do que significa qualidade na modalidade a distância e a utilização de indicadores que possam expressar a excelência de uma graduação ofertada nessa modalidade de ensino. Essa excelência passa pela formação, experiência e conhecimento dos avaliadores e a definição de critérios e parâmetros precisos, claros e transparentes para medir a qualidade nos cursos de graduação na educação a distância. Para tanto, é necessário contar com um Banco de Avaliadores, não somente em condições de exercer sua função de maneira satisfatória, mas em número suficiente para colocar em prática o sistema de avaliação definido no Brasil.

Texto completo: http://ried.utpl.edu.ec/es/avaliacao

Como citar este artículo:

Netto, C., y Giraffa, L. (2015). Evaluación de la calidad de los cursos de pregrado distancia en contexto de Brasil. RIED. Revista Iberoamericana de educación a Distancia, volumen 18, nº 1, pp. 91-108.

24 de novembro de 2014

Especialização em Psicopedagogia a distância no Brasil


Tem interesse em cursar uma especialização a distância em Psicopedagogia? No Brasil, 44 instituições de ensino superior, em 12 estados, oferecem cursos de Especialização em Psicopedagogia

Aqui você encontra a lista das instituições cadastradas pelo MEC (Ministério da Educação) que oferecem Especialização em Psicopedagogia:



Instituição (IES) Denominação Carga
Horária
UF de Oferta
IFRR Psicopedagogia 360 RR
FACOS Psicopedagogia Institucional 370 RS
ESAB MBA Profissional em Psicopedagogia Empresarial 360 ES
UNINTER Psicopedagogia 5400 PR
FFCL Psicopedagogia 390 SP
FESL Psicopedagogia 360 SP
UNIT Psicopedagogia 390 SE
UNIGRAN Psicopedagogia 370 MS
UBC Psicopedagogia 363 SP
UNIASSELVI Psicopedagogia 440 SC
FUMEC Psicopedagogia 600 MG
UNICID Psicopedagogia 400 SP
FGF Psicopedagogia 360 CE
UNIMES Psicopedagogia 410 SP
IAVM Psicopedagogia 420 RJ
IESB Psicopedagogia 660 DF
UCS Psicopedagogia 600 RS
UNIFRAN Psicopedagogia 440 SP
UMESP Psicopedagogia 360 SP
UNESA Psicopedagogia 600 RJ
UNIUBE Psicopedagogia 480 MG
UNAR Psicopedagogia 360 SP
UCDB Psicopedagogia 460 MS
UNICSUL Psicopedagogia 400 SP
CBTA Psicopedagogia 480 SP
FAPI Psicopedagogia 480 PR
UNINOVE Psicopedagogia 400 SP
CEUCLAR Psicopedagogia: Abordagem Clínica dos Problemas de Aprendizagem 500 SP
FACULDADE INTERNACIONAL SIGNORELLI Psicopedagogia Clínica 660 RJ
UNINOVE Psicopedagogia Clínica e Institucional 400 SP
UCB Psicopedagogia Clínica e Empresarial 526 DF
UNIARARAS Psicopedagogia Clínica e Institucional 620 SP
UNISA Psicopedagogia Clínica e Institucional 600 SP
UCAM Psicopedagogia Clínica e Institucional 360 RJ
UNINTER Psicopedagogia Clínica e Institucional 6600 PR
ESAB Psicopedagogia Clínico-Institucional 480 ES
CENTRO UNIVERSITÁRIO SOCIESC Psicopedagogia com Foco em Sala de Aula 372 SC
ULBRA Psicopedagogia Educacional 390 RS
UCAM Psicopedagogia e Educação Especial 495 RJ
UFRGS Psicopedagogia e Tecnologias da Comunicação e Informação 360 RS
UNIDERP Psicopedagogia Institucional 432 MS
FAEL Psicopedagogia Institucional 420 PR
FINOM Psicopedagogia Institucional 410 MG
UNICID Psicopedagogia Institucional 445 SP
FACULDADE INTERNACIONAL SIGNORELLI Psicopedagogia Institucional 420 RJ
IAVM Psicopedagogia Institucional 360 RJ
UNISUAM Psicopedagogia Institucional 604 RJ
CBM Psicopedagogia Institucional 504 SP
UNISEB Psicopedagogia Institucional 440 SP
UCAM Psicopedagogia Institucional 360 RJ
INSEP Psicopedagogia Institucional 360 PR
UNIARA Psicopedagogia Institucional 360 SP
UNOESTE Psicopedagogia Institucional 400 SP
FGF Psicopedagogia Institucional 504 CE
UNICESUMAR Psicopedagogia Institucional 390 PR
CEUCLAR Psicopedagogia no Processo Ensino-Aprendizagem 360 SP
FACEL Psicopedagogia para Pedagogo/Psicopedagogia Educacional 420 PR
CENTRO UNIVERSITÁRIO SOCIESC Psicopedagogia - Práticas Interventivas 430 SC


Fonte: e-MEC

18 de novembro de 2014

Livro: Las Nuevas Fronteras de la Educación a Distancia



 El Instituto Latinoamericano y del Caribe en Educación Superior a Distancia (CALED), con la finalidad de contribuir al mejoramiento de la calidad de la educación superior a distancia, se ha planteado entre sus líneas estratégicas sumar esfuerzos con otras instituciones para difundir el conocimiento en este ámbito. Para cumplir con este cometido en esta ocasión presenta el libro denominado “Las nuevas fronteras de la educación a distancia”.

Este libro es editado conjuntamente con el CALED, Virtual Educa y la Universidad Técnica Particular de Loja, y cuenta con el aporte de connotados expertos que conocen y analizan en profundidad temas de educación a distancia referidos a los principios pedagógicos, el mundo de la virtualización, las nuevas tecnologías de la información y comunicación, la internacionalización de la educación a distancia, la educación basada en competencias, los recursos educativos abiertos, la educación virtual y brecha digital, las nuevas fronteras legislativas, la movilidad internacional y el futuro de la educación virtual.


Ficha Técnica:

Título:
Las Nuevas Fronteras de la Educación a Distancia
Autor(es):
Varios
Publicación:
2012
Editorial:
Universidad Técnica Particular de Loja
Núm. Páginas:
216p.
Tamaño:
1.99 Mbs (zip)
Idioma:
Español



http://virtualeduca.org/documentos/observatorio/oevalc_2012_(fronteras).pdf

5 de novembro de 2014

Educación a distancia y cursos virtuales - Programa de Rádio UNED



La Cátedra UNESCO de Educación a Distancia, en la UNED, CUED, promueve la investigación, formación, información y documentación en este amplio campo, siendo un referente internacional y especialmente en el ámbito iberoamericano. Docentes e investigadores de distintos países e instituciones participan en las actividades de esta cátedra, a través de sus redes, blogs, foros, boletines y su revista científica RIED, pero también con visitas y estancias presenciales, como es el caso de la profesora Carla Netto que investiga sobre la calidad de los cursos virtuales. 

http://www.uned.es/catedraunesco-ead/

30 de outubro de 2014

Descubra quais são os cursos mais procurados pelos interessados em estudar a distância

Muitas pessoas nutrem o desejo de concluir um curso superior, mas a falta de tempo pode se tornar um empecilho para a realização desse objetivo. Pior é quando a indecisão de qual área seguir paira na cabeça do futuro estudante. Para preencher essa lacuna, alguns pensam em procurar uma faculdade que ofereça a possibilidade de EAD (Ensino a Distância), pois isso facilitaria seu cotidiano. Veja a seguir quais são os cursos mais procurados para os interessados nessa modalidade educacional em todo o Brasil.


PEDAGOGIA – O curso que formará profissionais aptos a trabalhar na área educacional é o mais procurado. São quase 300 mil universitários interessados em seguir nesse ramo.

ADMINISTRAÇÃO – Essa carreira não é concorrida apenas para os estudantes que cursam o ensino tradicional. Com cerca de 130 mil alunos matriculados, ela está entre as mais procuradas por quem deseja estudar na EAD.

SERVIÇO SOCIAL – O curso responsável por formar assistentes sociais, que poderão exercer sua função tanto na rede pública quanto na privada também, é muito requisitado. Mais de 75 mil matrículas foram realizadas para EAD.

CIÊNCIAS CONTÁBEIS – Para aqueles que desejam trabalhar como contadores, tanto em alguma empresa ou até mesmo como consultor da área é necessária a formação acadêmica. Aproximadamente 41 mil alunos procuram o curso anualmente.

LETRAS E MATEMÁTICA – Muitos alunos que desejam apenas a licenciatura, que lhes permitirá dar aulas no ensino fundamental e médio optam pela EAD. São cerca de 50 mil novos aspirantes a professores ao ano.

RECURSOS HUMANOS – O profissional dessa área será responsável por todo o processo que envolve a gestão dos colaboradores da empresa.

Fonte: R7 Notícias - Educação

24 de outubro de 2014

Documentário: Quando sinto que já sei



O documentário “Quando sinto que já sei” registra práticas educacionais inovadoras que estão ocorrendo pelo Brasil. A obra reúne depoimentos de pais, alunos, educadores e profissionais de diversas áreas sobre a necessidade de mudanças no tradicional modelo de escola.

Projeto independente, o filme partiu de questionamentos em relação à escola convencional, da percepção de que valores importantes da formação humana estavam sendo deixados fora da sala de aula.

Durante dois anos, os realizadores visitaram iniciativas em oito cidades brasileiras – projetos que estão criando novas abordagens e caminhos para uma educação mais próxima da participação cidadã, da autonomia e da afetividade.

A etapa final do projeto foi financiada com a colaboração de 487 apoiadores pela plataforma de financiamento coletivo Catarse.


----------------------------------------­----------------------

Quando sinto que já sei
78 minutos, 2014, Brasil.
www.quandosintoquejasei.com.br
www.facebook.com/QuandoSintoQueJaSei

====================================

17 de outubro de 2014

Aprendizagem Colaborativa Apoiada por Computador



Este artigo que fala da Aprendizagem Colaborativa Apoiada pelo Computador tem como objetivo nos fazer refletir sobre o quanto a inserção do computador na sociedade contemporânea modificou as possibilidades de aprendizagem, exigindo um modelo de educação voltada para a construção do conhecimento de forma colaborativa, solidária, coletiva.




Carla Netto
Daiane Grassi
Fernanda Arusievicz
Iara Tonidandel

8 de outubro de 2014

Equidade e Qualidade na Educação Superior no Brasil: o acesso por meio da Educação a Distância

Nos últimos anos a Educação a Distância vem adquirindo reconhecimento como uma modalidade de educação apropriada para o alcance de metas de políticas públicas. Através da Universidade Aberta do Brasil (UAB), o Ministério da Educação (MEC), desde 2005, vem ofertando milhares de vagas em cursos de nível superior gratuitos, através de instituições públicas de Ensino Superior, apoiadas em polos presenciais municipais. Este artigo tem como objetivo propor uma discussão sobre a formação qualificada na educação superior. Aborda que o conceito de qualidade de ensino deve estar presente nos debates, fóruns e seminários, não somente de representantes da educação, mas também com a participação da sociedade civil organizada, para que sejam definidas políticas públicas que avancem no desenvolvimento e privilegiem o bem estar humano. O entendimento é de que a qualidade da educação superior dar-se-á a partir de processos acadêmicos equitativos e que o papel da universidade é promover o acesso e o conhecimento para a melhoria do desenvolvimento humano, social, econômico e ambiental. Fez parte da investigação estudos sobre qualidade e equidade, que são termos balizadores para a constituição de uma educação superior responsável e comprometida com o desenvolvimento humano e social. A interpretação dos resultados da pesquisa indica que essas iniciativas do governo federal buscam melhorar a qualidade da Educação Básica no Brasil e promover a igualdade de oportunidades, tendo como aliada a Educação a Distância, levando o ensino a regiões pouco acessíveis, abrangendo uma camada da população que tem dificuldade de acesso à formação universitária.

Carla Netto
Adriana Rivoire Menelli de Oliveira


7 de outubro de 2014

A Evasão nos Cursos de Graduação na Modalidade a Distância: Um Estudo Acerca do Curso de Pedagogia

Nos últimos anos, a expansão da oferta de matrículas no ensino superior na modalidade a distância foi muito significativa no Brasil. Apoiada por metas, ações e diretrizes das políticas públicas na educação, a oferta de cursos de graduação a distância, especialmente na área de formação de professores para a educação básica, teve um salto surpreendente. Do total de matrículas em EAD em 2010, 45,8% das matrículas foram em cursos de licenciatura, somando 426.241 matrículas (Censo, 2010). O curso de Pedagogia apresenta o maior número de alunos inscritos em EAD, somando 286.771 matrículas. No entanto, assim como cresce o número de matrículas na modalidade a distância, cresce também o índice de evasão. A desistência nos cursos a distância ainda é maior que nos cursos presenciais. De 2005 a 2009, mais da metade dos alunos matriculados nos cursos de Pedagogia desistiram antes do fim do curso. O primeiro ano do curso é o que apresenta o maior índice de desistência. A partir de pesquisa bibliográfica e pesquisa de campo, de cunho qualitativo, com uma turma de alunos do curso de Pedagogia a distância, este artigo teve por objetivo investigar as causas da evasão nos cursos de Pedagogia em EAD. A partir dos resultados da pesquisa, foi possível verificar que a maior causa da evasão no curso de Pedagogia está relacionada à parte financeira. Os alunos que buscam por essa licenciatura apresentam um perfil de um aluno trabalhador, responsável pelo seu sustento e também pelo sustento da família e que possui outras demandas financeiras, como o transporte público até o local de estudos. Dessa forma, é preciso pensar seriamente em estratégias que contribuam para a permanência dos alunos na educação superior, especialmente no curso de Pedagogia, onde busca-se a concretização da meta nacional de zerar o déficit de professores no Brasil até 2020.

Carla Netto
Gabriela Gotta
Mauricio Bertinetti


6 de outubro de 2014

Fatores que Interferem na Interatividade em Ambientes Virtuais de Aprendizagem: um estudo de caso em cursos de Pós-Graduação a Distância



Esta pesquisa buscou conhecer os fatores que influenciam a interatividade nos ambientes virtuais de aprendizagem de dois Cursos de Pós-Graduação. Para que um ambiente virtual realmente seja um espaço de aprendizagem é necessário, além de tecnologia computacional, uma série de fatores que promovam condições para que o aluno construa seu conhecimento na interação com os recursos humanos suportados nas ferramentas de comunicação e de informação, como uma modelagem bem planejada e implementada, professores capacitados para serem mediadores, alunos colaboradores, equipe do curso formada por profissionais também capacitados e facilidade de acesso a essa equipe.

Carla Netto
Elaine Turk Faria
Miriam Rios

3 de outubro de 2014

Preconceito ou Despreparo? Uma investigação acerca da percepção dos docentes de Pedagogia sobre formação de professores na modalidade EAD

Este artigo é resultante de uma investigação que busca identificar nas opiniões dos docentes do curso de Pedagogia sobre formação de professores na modalidade a distância, se a visão negativa está vinculada a preconceitos oriundos de uma prática sem resultados qualificados ou pela falta de conhecimento técnico e metodológico relacionados à EAD. A interpretação dos resultados desta pesquisa indica que a maior resistência está justamente naquele docente que não possui fluência com uso de tecnologias numa perspectiva pedagógica. Ou seja, é uma questão de desconhecimento de como usar e suas possibilidades do que uma resistência oriunda da prática diária. Cabe salientar que a diversidade de métodos e formas de trabalho deve ser preservada na academia, visto que ela é um pressuposto basilar para o desenvolvimento do conhecimento. Porém, não se pode negar as possibilidades da EAD sem antes vivenciá-las ou conhecê-las melhor.

Carla Netto
Lucia Giraffa

2 de outubro de 2014

Acreditação da Educação Superior Presencial e a Distância nos Estados Unidos: Experiências e Potenciais Contribuições para Discussão no Contexto Brasileiro




Este artigo apresenta os conceitos relacionados ao processo de Acreditação de cursos superiores, presenciais e na modalidade a distância, detalhando a experiência americana, a qual foi analisada no escopo do projeto de cooperação entre a PUCRS e a Universidade do Texas-Austin. Nos Estados Unidos a Acreditação vem sendo utilizada como um meio de assegurar e melhorar a qualidade dos cursos de formação superior naquele país, possuindo uma tradição de mais de 100 anos. Ao final do texto, apresentam-se alguns elementos que poderão contribuir para a discussão, ora em curso no contexto brasileiro, destacando-se os itens que nos parecem essenciais para um processo de Acreditação. 



1 de outubro de 2014

Graduações a Distância e o Desafio da Qualidade



Apesar da Educação a Distância não ser uma modalidade de ensino nova, ainda gera insegurança e resistência não só por parte dos alunos, mas também dos professores no que diz respeito ao seu conceito ser/estar associado com baixa qualidade de ensino ou ao atributo de oferecer cursos "sem validade".


O objetivo deste livro é refletir sobre a efetividade dos cursos de graduação em EAD e contribuir para agregar qualidade na oferta de graduações na modalidade a distância, já que o objeto de pesquisa faz parte de um novo paradigma educacional, em relação ao qual ainda há muita resistência e um olhar fortemente influenciado por tradições, em que ensinar e aprender exige, necessariamente, a presença física do professor.

Arquivo em pdf: http://www.pucrs.br/edipucrs/graduacoes.pdf



30 de setembro de 2014

Recursos Pedagógicos e Tecnológicos Na Enfermagem: o Compromisso da Governança Acadêmica para o Aprimoramento do Ensino e Aprendizagem



O desenvolvimento científico e tecnológico na área da saúde, nos últimos séculos, tem vislumbrado várias conquistas que inspiram a sociedade e os campos científicos para um projeto do “saber” mais moderno para a humanidade. Diante desse contexto, insere-se a representatividade da Educação nos projetos para o desenvolvimento dos campos científicos em diversas áreas com intuito de respaldar, legalizar e permear ações éticas com o compromisso do bem-estar coletivo da sociedade. A pós-modernidade gerou uma nova forma de refletir sobre a realidade e com isso um despertar nas questões ético-políticas e profissionais. Assim, a ideia de globalização está presente no cotidiano profissional da Enfermagem, atingindo tanto o enfermeiro assistencial quanto o enfermeiro docente, o que configura um novo paradigma diante da formação acadêmica.


Carla Netto
Rosália Figueiró Borges


Capítulo do livro Qualidade da Educação Superior: Avaliação e Implicações para o Futuro da Universidade. Acesso a e-book: http://ebooks.pucrs.br/edipucrs/Ebooks/Pdf/978-85-397-0206-0.pdf

3 de setembro de 2014

Os MOOC na crise da Educação Universitária. Docência, desenho e aprendizagem.







Apresentação do livro “Los MOOC en la crisis de la Educación Universitaria. Docencia, diseño y aprendizaje”


Karl Steffens.

Profesor e investigador de la Universidad de Colonia. Instituto de Didáctica e Investigación Educativa. Alemania


El presente libro es una colección de 16 ensayos que Miguel Zapata publicó entre 2011 y 2014 como posts y artículos sobre MOOC. En su obra, el téma de los MOOC está relacionado con la situación en la Universidad que el autor describe como una crisis. Según él, es imprescindible que cambie el paradigma de la educación superior para resolver esta crisis. Mientras que el paradigma todavía existente supone una educación basada en estándares (unidad de lugar, de situación, de edad), el nuevo paradigma propone una educación basada en logros individuales. La tecnología permite un tratamiento personalizado y provee una potente analítica de aprendizaje que se puede aplicar a los procesos de enseñanza y en el aprendizaje. Al mismo tiempo, el nuevo paradigma destaca la importancia de una pedagogía de ayuda, una teoría de aprendizaje adecuada para explicar los procesos de aprender en entornos potenciados por las tecnologías digitales, de una teoría de instrucción basada en los principios teóricos que rigen el aprendizaje y en las informaciones que nos pueden suministrar las analíticas de aprendizaje. Todas estas consideraciones constituyen el transfondo para la discusión del papel que los MOOC están jugando en la universidad y en su desarrollo.


En los primeros dos capítulos, Miguel Zapata presenta y discute las teorías de aprendizaje, presentación y discusión que culminan en una crítica profunda y diferenciada del conectivismo que George Siemens introdujo en 2004 como una teoría de aprendizaje para la era digital.


En los siguientes capítulos, el autor se dedica a los MOOC. En el capítulo 3 describe la situación actual en las universidades caracterizado por un descenso de la demanda y los cambios demográficos, la devaluación de los títulos académicos y los costos de los estudios. Según el autor, todos estos factores han contribuido al desarrollo de una nueva forma de estudiar: el estudio mediante los MOOC. En contraposición a la gran ola de entusiasmo que han desencadenado los cursos masivos en una parte de la educación, el autor presenta una visión critica del propio concepto de los cursos masivos, que termina con una propuesta para una nueva visión del aprendizaje, de manera que éste sea individualizado, ayudado por las tecnologías digitales y enfocando en los logros de los individuos. Como alternativa a los cursos masivos tradicionales, en el capitulo 5 el autor presenta una guía para diseñar y implementar uno curso abierto y en línea. Como destaca en los capítulos siguientes, un curso de este tipo debería ofrecer oportunidades para la interacción entre el profesor y los alumnos y entre los propios alumnos, una opción de la cual carecen muchos MOOC (capítulo 6). Además, un curso de éste tipo debería ser evaluable, en el sentido que debería mostrar la ganancia de aprendizaje y la ganancia educativa (capítulo 7).


Investigación y enseñanza son los dos pilares de la universidad. De esta manera, en los capítulos que van del 8 hasta el 13, el autor analiza la situación de la enseñanza y del aprendizaje en la universidad y propone nuevos caminos para mejorar estos procesos. En el capítulo 8, el autor se refiere a estudios realizados por Bloom (1984) que mostraron que los estudiantes con tutores individuales alcanzaron resultados de aprendizaje mucho mejores que los estudiantes con métodos convencionales. Lograron resultados de dos sigmas por encima de la medida de los otros grupos. Quedó pues de evidencia que el rol del profesor como tutor es un rol muy importante en el proceso de aprendizaje. Al mismo tiempo, podemos preguntar si no hay métodos que puedan ayudar a los estudiantes a lograr un resultado de dos sigmas por encima. El aprendizaje divergente y la creatividad son competencias importantes para estudiar en la Universidad. Como el autor muestra en el capitulo 9, referiendose a datos de Jordan (2013), existe una correlación directa entre aprendizaje divergente y creatividad, por un lado, y permanencia o éxito en el MOOC por otro, dado que el aprendizaje ha sido auto-evaluado. Si la evaluación ha sido hecha por pares, se obtiene una correlación inversa con el aprendizaje divergente. Otro punto de consideración es que hoy en día existe una gran diversidad entre los estudiantes, tanto más en los cursos masivos (capítulo10). Entonces, la interaccion entre profesores y estudiantes, y entre estudiantes, requiere una competencia intercultural. El autor también destaca que, para mejorar la enseñanza y el aprendizaje, es imprescindible proveer a los estudiantes con un feedback adecuado (capítulo 11). Desde el punto de vista del profesor Zapata, las analíticas de apredizaje constituyen un instrumento privilegiado para esta tarea. No obstante, la evaluación debería orientarse a la enseñanza basada en la teoría instruccional para el nuevo paradigma de la educación de Reigeluth (2012). Las analíticas de aprendizaje van unidas con la idea de la personalización de aprendizaje (capítulo 12) porque estas técnicas de análisis de datos masivos nos permiten dar un feedback muy diferenciado a los estudiantes y ayudarles a adaptar y personalizar su forma de aprender y el entorno de su aprendizaje. La personalización de aprendizaje también se aplica a la configuración de los espacios personales físicos y los espacios personales virtuales así como en las redes sociales (capítulo 13).


En los últimos tres capítulos (14 al 16) el autor se dedica otra vez al desarrollo de los MOOCs y su posible futuro. Como él mismo destaca, en estos momentos los cursos masivos han llegado a un punto de inflexión en su devenir después de una fase de desarrollo importante y un entusiasmo acrítico: están en el valle de desilusión (capítulo 14). Parece que los MOOC se van a convertir en programas universitarios (capítulo 15). En realidad, las universidades van a ofrecer nanogrados (nanodegrees) para mini-cursos, tal como está haciendo Udacity. Desafortundamente, no es probable que estás cursos sean basados en teorías de aprendizaje y de instrucción. Desde del punto de vista del autor, hay dos caminos para el desarrollo de los MOOC. Uno es el reclutamiento de los talentos basado en los datos masivos de los estudiantes, como destaca Ferenstein que está convencido que el uso de los MOOC va a crear una nueva meritocracia en la educación superior. El otro camino tiene la perspectiva de una pedagogía de ayuda, un camino que ayude a los estudiantes para mejorar su manera de aprender utilizando lasaffordances de las tecnologías digitales.


El libro está dirigido a profesores, tutores y estudiantes de la universidad. Les ofrece muchas informaciones sobre el tema de los MOOC, su desarrollo y el papel que juegan en la enseñanza y en el aprendizaje universitario. Muestra que es un tema que tiene una gran variedad de aspectos. Al mismo tiempo, el autor ofrece una perspectiva crítica y propone un modelo de cursos abiertos y en línea, junto con una guía para diseñar e implementar cursos de este tipo. Es un libro que une consideraciones pedagogicas como teorías de aprendizaje y de instrucción con propuestas prácticas. Es el libro, de un experto en el campo del uso de las tecnologías digitales en la educación, dedicado a la idea de que estas tecnologías deberían empoderar a los estudiantes a mejorar su aprendizaje, ayudar a los profesores a mejorar su enseñanza y facilitar la interacción intercultural entre ambos grupos.


Karl Steffens


Referencias.-


Bloom, B. (1984). The 2 Sigma Problem: The Search for Methods of Group Instruction as ffective as One-to-One Tutoring, Educational Researcher, 13:6(4-16). Consultado el 29/05/2014 enhttp://www.comp.dit.ie/dgordon/Courses/ILT/ILT0004/TheTwoSigmaProblem.pdf


Jordan, K. (2013). Synthesising MOOCcompletion rates. http://moocmoocher.wordpress.com/2013/02/13/synthesising-mooc-completion-rates/


Reigeluth, C. (2012). Teoría instruccional y tecnología para el nuevo paradigma de la educación. RED, Revista de Educación a Distancia. Número 32. 30 de septiembre de 2012. Consultado el 16/05/13 en http://www.um.es/ead/red/32


Saiu daqui: http://red.hypotheses.org/709

28 de agosto de 2014

Onde fazer Especialização em Fisioterapia na modalidade a distância no Brasil?

A legislação que regula a oferta de Especialização a distância no Brasil exige que as provas sejam realizadas de modo presencial. Dessa forma, o aluno que optar por fazer um curso de especialização em EAD necessitará, obrigatoriamente, que deslocar-se até a instituição ou polo de apoio presencial para esses momentos.

No Brasil, cadastrados no sistema do Ministério da Educação, temos 4 instituições de ensino superior ofertando 8 cursos de especialização em Fisioterapia na área de Saúde e Bem-estar Social.



CENTRO UNIVERSITÁRIO CLARETIANO – CEUCLAR
Conceito Institucional - 4 - (Os conceitos institucionais - avaliação do MEC - vão de 1 a 5)



Fisioterapia Cardiorrespiratória Geral e Intensiva
Grau: Lato-sensu
Carga horária: 360 Horas
Duração: 15 (meses)
Periodicidade de oferta: Regular
Data de início da oferta: 01/03/2008
Modalidade: Educação a Distância
Quantidade de vagas: 30

Fisioterapia Dermato-funcional
Grau: Lato-sensu
Carga horária: 360 Horas
Duração: 15 (meses)
Periodicidade de oferta: Regular
Data de início da oferta: 03/03/2007
Modalidade: Educação a Distância
Quantidade de vagas: 30

Fisioterapia Geriátrica
Grau: Lato-sensu
Carga horária: 360 Horas
Duração: 15 (meses)
Periodicidade de oferta: Regular
Data de início da oferta: 01/08/2009
Modalidade: Educação a Distância
Quantidade de vagas: 30

Fisioterapia Neurofuncional
Grau: Lato-sensu
Carga horária: 360 Horas
Duração: 15 (meses)
Periodicidade de oferta: Regular
Data de início da oferta: 01/08/2009
Modalidade: Educação a Distância
Quantidade de vagas: 30

Fisioterapia Ortopédica, traumatológica e desportiva
Grau: Lato-sensu
Carga horária: 360 Horas
Duração: 15 (meses)
Periodicidade de oferta: Regular
Data de início da oferta: 01/08/2009
Modalidade: Educação a Distância
Quantidade de vagas: 30


CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ARARAQUARA - UNIARA
Conceito Institucional - 4 
(Os conceitos institucionais - avaliação do MEC - vão de 1 a 5)



Fisioterapia no Trabalho
Grau: Lato-sensu
Carga horária: 360 Horas
Duração: 15 (meses)
Periodicidade de oferta: Regular
Data de início da oferta: 19/03/2012
Modalidade: Educação a Distância
Quantidade de vagas: 450


UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ - UNESA
Conceito Institucional - 4 (Os conceitos institucionais - avaliação do MEC - vão de 1 a 5)


Fisioterapia em Gerontologia
Grau: Lato-sensu
Carga horária: 360 Horas
Duração: 12 (meses)
Periodicidade de oferta: Regular
Data de início da oferta: 24/10/2013
Modalidade: Educação a Distância
Quantidade de vagas: 250


UNIVERSIDADE DE SANTO AMARO – UNISA
Conceito Institucional - 3 
(Os conceitos institucionais - avaliação do MEC - vão de 1 a 5)


Fisioterapia do Trabalho
Grau: Lato-sensu
Carga horária: 480 Horas
Duração: 12 (meses)
Periodicidade de oferta: Regular
Data de início da oferta: 11/06/2014
Modalidade: Educação a Distância
Quantidade de vagas: 400

26 de agosto de 2014

Conhece a história da integração da tecnologia nas aulas?

Fonte: http://www.theflippedclassroom.es/conoces-la-historia-de-la-integracion-de-la-tecnologia-en-las-aulas/



Onde fazer Pedagogia a distância no estado do Rio Grande do Sul?

 
Recebo semanalmente pedidos de dicas de onde fazer cursos a distância pelo Brasil e exterior. Tento responder a todos no menor prazo de tempo que posso. Mas aí resolvi socializar essas dicas para que cheguem ao maior número de pessoas possíveis.

Uma das características da EAD (e, talvez, a que mais me encanta nessa modalidade de ensino) é a possibilidade de propiciar estudos aos que não tem acesso ao ensino presencial.

Como pesquisadora da área da qualidade da EAD, disponibilizarei o Conceito Institucional (CI) e o Índice Geral dos Cursos (IGC) da instituição, ou seja, as pontuação que as instituições receberam pelo Ministério da Educação. Atenção: não é o Conceito do Curso. O IGC é um indicador de qualidade que avalia as instituições de educação superior. Os resultados da avaliação in loco constituirão o Conceito Institucional (CI).


Todos os dados abaixo foram tirados da plataforma eletrônica do MEC. As Instituições de Educação Superior pertencentes aos Sistemas Estaduais de Ensino são reguladas e supervisionadas pelos respectivos Conselhos Estaduais de Educação. Nesse sentido, as informações relacionadas a tais instituições no Cadastro Eletrônico do MEC são declaratórias e de responsabilidade exclusiva dessas instituições.

Para quem tem interesse em fazer um curso de graduação em Pedagogia no estado do Rio Grande do Sul, temos 27 instituições de ensino superior autorizadas pelo Ministério da Educação e, atualmente, cadastradas no sistema do MEC oferecendo esse curso na modalidade a distância:

Instituição de Ensino Superior
CI - Conceito Institucional
IGC
Centro Universitário Claretiano – CEDUCLAR
4
4
Centro Universitário de Maringá – UNICESUMAR
4
4
Centro Universitário de Rio Preto – UNIRP
4
3
Centro Universitário Internacional - UNINTER
3
3
Centro Universitário Leonardo da Vinci – UNIASSELVI
4
3
Centro Universitário Tupy
4
3
Centro Universitário UNISEBI – UNISEBI
4
3
Faculdade Cenecista de Osório – FACOS
4
4
Faculdade de Tecnologia e Ciências – FTC SALVADOR
3
3
Faculdade Educacional da LAPA – FAEL
3
3
Universidade Anhanguera – UNIDERP
3
3
Universidade Anhembi Morumbi – UAM
3
3
Universidade Castelo Branco – UCB
SEM CI
3
Universidade Católica de Brasília – UCB
4
3
Universidade de Caxias do Sul – UCS
4
3
Universidade de Santo Amaro – UNISA
3
3
Universidade do Sul de Santa Catarina – UNISUL
SEM CI
3
Universidade do Vale do Rio Dos Sinos – UNISINOS
4
4
Universidade Federal de Pelotas – UFPEL
SEM CI
4
Universidade Federal de Santa Maria – UFPEL
3
4
Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS
4
5
Universidade Federal do Rio Grande – FURG
3
4
Universidade Luterana do Brasil – ULBRA
3
3
Universidade Norte do Paraná – UNOPAR
3
3
Universidade Paulista – UNIP
4
4
Universidade Salgado de Oliveira – UNIVERSO
3
3
Universidade Salvador – UNIFACS
5
3


Onde fazer Pedagogia a distância por municípios no estado do Rio Grande do Sul

                No curso de Pedagogia é exigido por lei que existam momentos presenciais para prova e estágios docentes. Assim, mesmo cursando uma graduação que intitulamos ‘a distância’, o aluno precisará frequentar momentos presenciais nos polos.


                Segue, abaixo, a lista de cidades que contam com polos de apoio presencial:

Alegrete (4 instituições)
                Faculdade de Tecnologia e Ciências – FTC SALVADOR
                Universidade Castelo Branco – UCB
                Universidade do Sul de Santa Catarina - UNISUL
                Universidade Norte do Paraná - UNOPAR

Alvorada (3 instituições)
                Faculdade de Tecnologia e Ciências – FTC SALVADOR
    Universidade Castelo Branco – UCS
                Universidade Paulista - UNIP

Arroio dos Ratos (2 instituições)
                Universidade Castelo Branco – UCB
                Universidade Federal de Pelotas

Arroio do Tigre (1 instituição)
                Centro Universitário Internacional – UNINTER

Bagé (7 instituições)
                Faculdade Educacional da LAPA – FAEL
                Universidade Anhanguera – UNIDERP
                Universidade Castelo Branco – UCB
                Universidade do Sul de Santa Catarina – UNISUL
                Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS
                Universidade Paulista – UNIP
                Universidade Salvador – UNIFACS

Balneário Pinhal (1 instituição)
                Universidade Federal de Pelotas – UFPEL

Bento Gonçalves (7 instituições)
                Centro Universitário Leonardo da Vinci – UNIASSELVI
                Faculdade Cenecista de Osório – FACOS
                Universidade de Caxias do Sul – UCS
                Universidade do Sul de Santa Catarina – UNISUL
                Universidade Luterana do Brasil – ULBRA
                Universidade Paulista – UNIP
                Universidade Salvador – UNIFACS

Bom Jesus (Nenhum item cadastrado)

Butiá (1 instituição)
                Universidade Norte do Paraná – UNOPAR

Caçapava do Sul (1 instituição)
                Centro Universitário Internacional – UNINTER

Cacequi (3 instituições)
                Faculdade Educacional da LAPA – FAEL
                Universidade Federal de Pelotas – UFPEL
                Universidade Norte do Paraná – UNOPAR

Cachoeira do Sul (6 instituições)
                Centro Universitário Internacional – UNINTER
                Universidade Castelo Branco – UCS
                Universidade do Sul de Santa Catarina – UNISUL
                Universidade Federal de Pelotas – UFPEL
                Universidade Luterana do Brasil – ULBRA
                Universidade Federal de Pelotas – UFPEL

Cachoeirinha (2 instituições)
                Universidade do Sul de Santa Cataria – UNISUL
                Universidade Paulista – UNIP

Camaquã (5 instituições)
                Centro Universitário Leonardo da Vinci – UNIASSELVI
                Universidade Castelo Branco – UCB
                Universidade Luterana do Brasil – ULBRA
                Universidade Norte do Paraná – UNOPAR
                Universidade Salvador – UNIFACS

Camargo (1 instituição)
                Universidade Federal de Pelotas – UFPEL

Campo Novo (1 instituição)
                Centro Universitário Internacional – UNINTER

Canela (2 instituições)
                Universidade de Caxias do Sul – UCS
                Universidade Luterana do Brasil - ULBRA

Canguçu (1 instituições)
                Universidade Norte do Paraná - UNOPAR

Canoas (6 instituições)
                Universidade do Sul de Santa Catarina – UNISUL
                Universidade do Vale do Rio dos Sinos – UNISINOS
                Universidade Luterana do Brasil – ULBRA
                Universidade Norte do Paraná – UNOPAR
                Universidade Paulista – UNIP
                Universidade Salvador - UNIFACS


Capão da Canoa (1 instituição)
                Centro Universitário Leonardo da Vinci – UNIASSELVI

Capão do Leão (nenhum item cadastrado)

Carazinho (4 instituições)
                Centro Universitário Internacional – UNINTER
                Universidade Luterana do Brasil – ULBRA
                Universidade Norte do Paraná – UNOPAR
                Universidade Salvador - UNIFACS

Carlos Barbosa (1 instituição)
                Universidade Castelo Branco – UCB

Casca (nenhum item cadastrado)

Caxias do Sul (10 instituições)
                Centro Universitário Internacional – UNINTER
                Faculdade de Tecnologia e Ciências – FTC SALVADOR
                Faculdade Educacional da LAPA – FAEL
                Universidade Anhanguera – UNIDERP
                Universidade de Caxias do Sul – UCS
                Universidade do Sul de Santa Catarina – UNISUL
                Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS
                Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS
                Universidade Norte do Paraná – UNOPAR
                Universidade Salvador - UNIFACS

Cerro Largo (1 instituição)
                Universidade Federal de Pelotas – UFPEL

Charqueadas (2 instituições)
                Universidade Castelo Branco – UCB
                Universidade Salvador - UNIFACS

Constantina (1 instituição)
                Universidade Federal de Pelotas – UFPEL

Crissiumal (1 instituição)
                Universidade Norte do Paraná- UNOPAR

Cruz Alta (5 instituições)
                Centro Universitário Internacional – UNINTER
                Universidade do Sul de Santa Catarina – UNISUL
                Universidade Norte do Paraná – UNOPAR
                Universidade Paulista – UNIP
                Universidade Salvador - UNIFACS

Dom Pedrito (1 instituição)
                Universidade do Sul de Santa Catarina – UNISUL

Eldorado do Sul (1 instituição)
                Universidade Castelo Branco - UCS

Encantado (1 instituição)
                Universidade Federald e Pelotas – UFPEL

Erechim (9 instituições)
                Centro Universitário Internacional – UNINTER
                Faculdade de Tecnologia e Ciências – FTC SALVADOR
                Faculdade Educacional da Lapa – FAEL
                Universidade Anhanguera – UNIDERP
                Universidade Castelo Branco – UCB
                Universidade Luterana do Brasil – ULBRA
                Universidade Norte do Paraná - UNOPAR
                Universidade Paulista – UNIP
                Universidade Salvador - UNIFACS

Erval Seco (1 instituição)
                Centro Universitário de Leonardo da Vinci – UNIASSELVI

Esmeralda (nenhum item cadastrado)

Espumoso (1 instituição)
                Centro Universitário Internacional - UNINTER

Estância Velha (nenhum item cadastrado)

Esteio (nenhum item cadastrado)

Estrela (1 instituição)
                Universidade Salvador – UNIFACS

Farroupilha (1 instituição)
                Faculdade Cenecista de Osório - FACOS

Faxinal do Soturno (2 instituições)
                Universidade Anhanguera – UNIDESP
                Universidade de Santa Maria - UFSM

Frederico Westphalen (1 instituição)
                Universidade Norte do Paraná - UNOPAR

General Câmara (1 instituição)
                Universidade do Sul de Santa Catarina – UNISUL

Gramado (1 instituição)
                Universidade Norte do Paraná – UNOPAR

Gravataí (7 instituições)
                Faculdade Cenecista de Osório – FACOS
                Faculdade de Tecnologia e Ciências – FTC SALVADOR
                Universidade Anhanguera – UNIDERP
                Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS
                Universidade Luterana do Brasil – ULBRA
                Universidade Paulista – UNIP
                Universidade Salvador - UNIFACS

Guaíba (4 instituições)
                Universidade Luterana do Brasil – ULBRA
                Universidade Norte do Paraná – UNOPAR
                Universidade Paulista – UNIP
                Universidade Salvador - UNIFACS

Guaporé (2 instituições)
                Universidade de Caxias do Sul – UCS
                Universidade Salvador – UNIFACS

Herval (1 instituição)
                Universidade Federal de Pelotas – UFPEL

Horizontina (1 instituição)
                Universidade Castelo Branco - UCB

Hulha Negra (nenhum item cadastrado)

Humaitá (nenhum item cadastrado)

Ibirubá (1 instituição)
                Universidade do Norte do Paraná - UNOPAR

Ijuí – (7 instituições)
                Centro Universitário Internacional – UNINTER
                Faculdade Educacional da LAPA – FAEL
                Universidade Anhanguera – UNIDERP
                Universidade do Sul de Santa Catarina – UNISUL
                Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS
                Universidade Norte do Paraná – UNOPAR
                Universidade Salvador - UNIFACS

Imbé (nenhum item cadastrado)

Itaqui (4 instituições)
                Centro Universitário Internacional – UNINTER
                Universidade Castelo Branco - UCB
                Universidade do Sul de Santa Catarina – UNISUL
                Universidade Federal de Pelotas - UFPEL

Jacuizinho (nenhum item cadastrado)

Jaguarão (1 instituição)
                Universidade do Sul de Santa Catarina - UNISUL

Jaquirama (1 instituição)
                Universidade Federal de Pelotas – UFPEL

Lagoa Vermelha (2 instituições)
                Universidade Castelo Branco – UCB
                Universidade Norte do Paraná - UNOPAR

Lajeado (4 instituições)
                Centro Universitário Internacional – UNINTER
                Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS
                Universidade Luterana do Brasil - ULBRA
                Universidade Norte do Paraná - UNOPAR

Liberato Salzano (2 instituições)
                Faculdade Educacional da LAPA – FAEL
                Universidade Norte do Paraná - UNOPAR

Montenegro (3 instituições)
                Centro Universitário Internacional – UNINTER
                Universidade Castelo Branco – UCB
                Universidade de Caxias do Sul - UCS

Morro Redondo (1 instituição)
                Universidade Norte do Paraná - UNOPAR

Mostardas (nenhum item cadastrado)

Nonoai (1 instituição)
                Centro Universitário Internacional - UNINTER

Nova Petrópolis (nenhum item cadastrado)

Nova Prata (1 instituição)
                Universidade de Caxias do Sul - UCS

Nova Santa Rita (1 instituição)
                Universidade do Sul de Santa Catarina – UNISUL

Novo Hamburgo (6 instituições)
                Centro Universitário Internacional – UNINTER
                Faculdade de Tecnologia e Ciências – FTC SALVADOR
                Universidade Anhanguera – UNIDERP
                Universidade Federal de Pelotas – UFPEL
                Universidade Luterana do Brasil – ULBRA
                Universidade Paulista - UNIP

Osório (4 instituições)
                Faculdade Cenecista de Osório – FACOS
                Universidade Castelo Branco – UCB
                Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS
                Universidade Salvador - UNIFACS

Palmeira das Missões (3 instituições)
                Centro Universitário Internacional – UNINTER
                Universidade Castelo Branco – UCB
                Universidade Salvador - UNIFACS

Panambi (3 instituições)
                Centro Universitário Internacional – UNINTER
                Universidade Federal de Pelotas – UFPEL
                Universidade Federal de Santa Maria - FSM

Paraí (1 instituição)
                Universidade Castelo Branco – UCB

Passo Fundo (11 instituições)
                Centro Universitário Internacional – UNINTER
                Centro Universitário Leonardo da Vinci – UNIASSELVI
                Faculdade Educacional da LAPA – FAEL
                Universidade Anhanguera – UNIDERP
                Universidade do Sul de Santa Catarina – UNISUL
                Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS
                Universidade Luterana do Brasil – ULBRA
                Universidade Norte do Paraná – UNOPAR
                Universidade Paulista – UNIP
                Universidade Salgado de Oliveira - UNIVERSO
                Universidade Salvador - UNIFACS

Pelotas (11 instituições)
                Centro Universitário Claretiano – CEUCLAR
                Faculdade de Tecnologia e Ciências – FTC SALVADOR
                Faculdade Educacional da LAPA – FAEL
                Universidade Anhanguera – UNIDERP
                Universidade Castelo Branco – UCB
                Universidade do Sul de Santa Catarina – UNISUL
                Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS
                Universidade Luterana do Brasil – ULBRA
                Universidade Norte do Paraná – UNOPAR
                Universidade Paulista – UNIP
                Universidade Salvador - UNIFACS

Picada Café (1 instituição)
                Universidade Federal de Pelotas - UFPEL

Portão (2 instituições)
                Faculdade Educacional da LAPA – FAEL
                Universidade Norte do Paraná - UNOPAR

Porto Alegre (16 instituições)
                Centro Universitário Internacional - UNINTER
                Centro Universitário Leonardo da Vinci - UNIASSELVI
                Centro Universitário Tupy
                Centro Universitário UNISEB – UNISEB
                Faculdade de Tecnologia e Ciências – FTC SALVADOR
                Faculdade Educacional da LAPA – FAEL
                Universidade Anhanguera - UNIDERP
                Universidade Anhembi Morumbi - UAM
                Universidade Castelo Branco – UCB
                Universidade Católica de Brasília – UCB
                Universidade do Sul de Santa Catarina – UNISUL
                Universidade do Vale do Rio dos Sinos – UNISINOS
                Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS
                Universidade Luterana do Brasil – ULBRA
                Universidade Paulista – UNIP
                Universidade Salvador - UNIFACS

Porto Xavier (1 instituição)
                Centro Universitário Internacional - UNINTER

Quaraí (2 instituições)
                Universidade do Sul de Santa Catarina – UNISUL
                Universidade Federal de Pelotas – UFPEL

Restinga Seca (1 instituição)
                Universidade Federal de Santa Maria - UFSM

Rio Grande (9 instituições)
                Centro Universitário de Maringá – UNICESUMAR
                Centro Universitário Internacional – UNINTER
                Faculdade de Tecnologia e Ciências – FTC SALVADOR
                Universidade Anhanguera – UNIDERP
                Universidade Castelo Branco – UCB
                Universidade do Sul de Santa Catarina – UNISUL
                Universidade Norte do Paraná - UNOPAR
                Universidade Paulista – UNISP
                Universidade Salvador - UNIFACS

Rosário do Sul (3 instituições)
                Universidade do Sul de Santa Catarina – UNISUL
                Universidade Federal de Pelotas – UFPEL
                Universidade Norte do Paraná - UNOPAR

Santa Bárbara do Sul (1 instituição)
                Universidade Anhanguera - UNIDERP

Santa Cruz do Sul (5 instituições)
                Centro Universitário Internacional – UNINTER
                Universidade do Sul de Santa Catarina – UNISUL
                Universidade Norte do Paraná – UNOPAR
                Universidade Paulista – UNIP
                Universidade Salvador – UNIFACS

Santa Maria (16 instituições)
                Centro Universitário de Maringá – UNICESUMAR
                Centro Universitário de Rio Preto – UNIRP
                Centro Universitário Internacional - UNINTER
                Centro Universitário UNISEB – UNISEB
                Faculdade de Tecnologia e Ciências – FTC SALVADOR
                Faculdade Educacional da LAPA – FAEL
                Universidade Anhanguera - UNIDERP
                Universidade Castelo Branco – UCB
                Universidade de Santo Amaro – UNISA
                Universidade do Sul de Santa Catarina – UNISUL
                Universidade do Vale do Rio dos Sinos – UNISINOS
                Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS
                Universidade Luterana do Brasil – ULBRA
                Universidade Norte do Paraná – UNOPAR
                Universidade Paulista – UNIP
                Universidade Salvador - UNIFACS

Santana da Boa vista (1 instituição)
                Universidade Federal de Pelotas - UFPEL

Santana do Livramento (5 instituições)
                Universidade Castelo Branco – UCB
                Universidade do Sul de Santa Catarina – UNISUL
                Universidade Federal de Santa Maria – UFSM
                Universidade Paulista – UNIP
                Universidade Salvador - UNIFACS

Santa Rosa (6 instituições)
                Centro Universitário Internacional – UNINTER
                Universidade Anhanguera – UNIDERP
                Universidade do Sul de Santa Catarina – UNISUL
                Universidade Norte do Paraná – UNOPAR
                Universidade Paulista – UNIP
                Universidade Salvador - UNIFACS

Santa Vitória do Palmar (3 instituições)
                Faculdade Educacional da LAPA – FAEL
                Universidade Federal do Rio Grande – FURG
                Universidade Norte do Paraná - UNOPAR

Santiago (4 instituições)
                Faculdade de Tecnologia e Ciências – FTC SALVADOR
                Universidade do Sul de Santa Catarina – UNISUL
                Universidade Luterana do Brasil – ULBRA
                Universidade Norte do Paraná – UNOPAR

Santo Ângelo (8 instituições)
                Centro Universitário Internacional – UNINTER
                Faculdade Cenecista de Osório – FACOS
                Faculdade de Tecnologia e Ciências – FTC SALVADOR
                Faculdade Educacional da Lapa – FAEL
                Universidade Anhanguera – UNIDERP
                Universidade Castelo Branco – UCB
                Universidade do Sul de Santa Catarina - UNISUL
                Universidade Salvador - UNIFACS

Santo Antônio da Patrulha (1 instituição)
                Universidade Federal do Rio Grande – FURG

São Borja (4 instituições)
                Centro Universitário Internacional – UNINTER
                Universidade Anhanguera – UNIDERP
                Universidade do Sul de Santa Catarina – UNISUL
                Universidade Salvador - UNIFACS

São Francisco de Paula (1 instituição)
                Universidade Federal de Pelotas - UFPEL

São Gabriel (3 instituições)
                Centro Universitário Internacional – UNINTER
                Universidade Castelo Branco – UCB
                Universidade do Sul de Santa Catarina - UNISUL

São Jerônimo (1 instituição)
                Universidade Luterana do Brasil - ULBRA

São João do Polêsine (1 instituição)
                Universidade Federal de Pelotas – UFPEL

São José do Norte (1 instituição)
                Universidade Federal do Rio Grande – FURG

São José dos Ausentes (nenhum item cadastrado)

São Leopoldo (8 instituições)
                Centro Universitário Internacional – UNINTER
                Faculdade de Tecnologia e Ciências – FTC SALVADOR
                Universidade Castelo Branco – UCS
                Universidade do Sul de Santa Catarina – UNISUL
                Universidade do Vale do Rio dos Sinos – UNISINOS
                Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS
                Universidade Paulista - UNIP
                Universidade Salvador - UNIFACS

                São Lourenço do Sul (3 instituições)
                Universidade Federal de Santa Maria – UFSM
                Universidade Federal do Rio Grande – FURG
                Universidade Norte do Paraná - UNOPAR

São Luiz Gonzaga (4 instituições)
                Centro Universitário Internacional – UNINTER
                Universidade do Sul de Santa Catarina – UNISUL
                Universidade Norte do Paraná – UNOPAR
                Universidade Salvador - UNIFACS

São Marcos (1 instituição)
                Universidade de Caxias do Sul - UCS

São Martinho (nenhum item cadastrado)

São Paulo das Missões (1 instituição)
                Centro Universitário Leonardo da Vinci - UNIASSELVI

São Pedro do Sul (1 instituição)
                Universidade Anhanguera - UNIDERP

São Sebastião do Caí (1 instituição)
                Universidade de Caxias do Sul - UCS

São Sepé (2 instituições)
                Centro Universitário Internacional – UNINTER
                Universidade Federal de Pelotas - UFPEL

Sapiranga (2 instituições)
                Universidade Federal de Pelotas – UFPEL
                Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS

Sapucaia do Sul (3 instituições)
                Universidade do Sul de Santa Catarina – UNISUL
                Universidade Federal de Pelotas – UFPEL
                Universidade Paulista - UNIP

Sarandi (1 instituição)
                Universidade Federal do Rio Grande do Sul - FURG

Seberi (1 instituição)
                Universidade Federal de Pelotas - UFPEL

Serafina Corrêa (2 instituições)
                Universidade Castelo Branco – UCB
                Universidade Federal de Pelotas - UFPEL

Sobradinho (1 instituição)
                Universidade Federal de Santa Maria - UFSM

Soledade (1 instituição)
                Universidade Salvador - UNIFACS

Tapejara (1 instituição)
                Universidade Federal de Santa Maria - UFSM

Taquara (1 instituição)
                Universidade Anhanguera - UNIDERP

Taquari (1 instituição)
                Universidade Castelo Branco - UCS

Terra de Areia (1 instituição)
                Universidade de Caxias do Sul - UCS

Teutônia (2 instituições)
                Faculdade Cenecista de Osório – FACOS
                Universidade Castelo Branco - UCB

Tio Hugo (nenhum item registrado)

Torres (1 instituição)
                Universidade Luterana do Brasil - ULBRA

Três Cachoeiras (1 instituição)
                Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS

Três de Maio (2 instituições)
                Universidade Federal de Santa Maria – UFSM
                Universidade Norte do Paraná - UNOPAR

Três Passos (6 instituições)
                Centro Universitário Internacional – UNINTER
                Universidade Castelo Branco – UCB
                Universidade Federal de Santa Maria – UFSM
                Universidade Norte do Paraná – UNOPAR
                Universidade Paulista – UNIP
                Universidade Salvador - UNIFACS

Tupanciretã (1 instituição)
                Universidade Norte do Paraná – UNOPAR

Uruguaiana (9 instituições)
                Centro Universitário Internacional – UNINTER
                Faculdade Educacional da LAPA – FAEL
                Universidade Anhanguera – UNDERP
                Universidade Castelo Branco – UCB
                Universidade do Sul de Santa Catarina – UNISUL
    Universidade Norte do Paraná – UNOPAR
    Universidade Paulista - UNIP
                Universidade Salgado de Oliveira – UNIVERSO
                Universidade Salvador - UNIFACS

Vacaria (5 instituições)
                Centro Universitário Internacional – UNINTER
                Faculdade Educacional da LAPA – FAEL
                Universidade de Caxias do Sul – UCS
                Universidade do Norte do Paraná – UNOPAR
                Universidade Salvador – UNIFACS

Venâncio Aires (1 instituição)
                Centro Universitário Internacional - UNINTER

Veranópolis (1 instituição)
                Universidade Norte do Paraná - UNOPAR

Viamão (2 instituições)
                Universidade Castelo Branco – UCB
                Universidade Paulista – UNIP

Vila Flores (1 instituição)
                Universidade Castelo Branco - UCB