teste

Graduações
a Distância
Informática
na Educação
Cursos
a Distância
Capítulos e
livros publicados
Artigos
Publicados
Legislação
em EAD
Referenciais de
Qualidade em EAD
Currículo
Lattes

25 de outubro de 2013

Graduações a Distância e o Desafio da Qualidade


Lançado em 2010, pela EDIPUCRS, este livro nasceu de um sentimento de entusiasmo pelas possibilidades oferecidas pela Educação a Distância e pela crença na aprendizagem nessa modalidade como um valioso instrumento para propiciar um ensino de qualidade a uma parcela maior da sociedade, principalmente, por aqueles que não são atingidos pelo ensino presencial.

Apesar da Educação a Distância não ser uma modalidade de ensino nova, ainda gera insegurança e resistência não só por parte dos alunos, mas também dos professores no que diz respeito ao seu conceito ser/estar associado com baixa qualidade de ensino ou ao atributo de oferecer cursos "sem validade".

O conteúdo deste livro é uma tentativa de investigar as métricas utilizadas para medir qualidade em Educação a Distância no contexto internacional e nacional (especialmente as recomendações do MEC) e estabelecer indicadores de qualidade específicos que sirvam de referencial para organização e/ou avaliação dos cursos de licenciatura nessa modalidade de ensino.

Com o objetivo de refletir sobre a efetividade dos cursos de graduação em EAD, o livro busca contribuir para agregar qualidade na oferta de graduações na modalidade a distância, já que o objeto de pesquisa faz parte de um novo paradigma educacional, em relação ao qual ainda há muita resistência e um olhar fortemente influenciado por tradições e arraigado na presencialidade, em que ensinar e aprender exige, necessariamente, a presença física do professor.

Estamos caminhando cada vez mais para uma sociedade na qual o sistema educacional convencional, preso a modelos tradicionais, não tem mais espaço e dá lugar a sistemas flexíveis e diretamente ligados aos interesses individuais de quem quer aprender. Esse tipo de proposta educacional, que conta com a autonomia do aluno e exige do professor um constante aperfeiçoamento e muita criatividade, deve fazer parte das práticas, tanto presenciais quanto a distância.